terça-feira, 18 de outubro de 2011

Nasce uma floresta vertical em Milão

É "apenas" um prédio de 27 andares. Cujas sacadas formarão a primeira floresta vertical construída no mundo. O projeto, criado pelo arquiteto italiano Stefano Boeri, professor e editor de revistas como a Domus e a Abitare, já está em construção em Milão, ao contrário de tantos outros projetos.

Bosco Verticale é um projeto de reflorestamento urbano que contribui com a regeneração do ambiente e aumento da diversidade dentro da cidade sem implicar ocupar mais espaço. Um modelo de adensamento da natureza dentro da cidade que ajuda a viver melhor. O projeto de Boeri cria uma verdadeira "caixa verde" em torno do prédio em si.

As duas torres em construção no centro de Milão, serão o terreno para 900 árvores, além de arbustos e flores, de alturas entre 3 e 9 metros. É um sistema que otimiza, recupera e produz energia. O verde faz um belo serviço pelo meio ambiente – e também pela qualidade de vida: as plantas produzem umidade, absorvem o gás carbônico e partículas de poluição (Milão é uma das cidades mais poluídas da Europa), sem contar que criam uma barreira que funciona como isolamento acústico. Para completar, tudo isso reduz o consumo de energia – lembrem que na Europa é ar condicionado no verão e aquecimento no inverno.

Cada apartamento terá sua varanda devidamente plantada – com espécies escolhidas a dedo. A água será fornecida por água de reuso, devidamente filtrada. E os edifícios terão sistemas de energia eólica e solar para garantir a autossuficiência energética. A manutenção da floresta será centralizada por uma empresa.

O Bosco Verticale é parte da proposta BioMilano, criada pelo arquiteto. Trata-se de um plano detalhado para uma cidade que une biodiversidade, natureza, agricultura e descontaminação de solo através de cultivo. Eu até diria que é um sonho distante, mas as torres já estão em construção. 

Via @Cardoso – que também lembrou que junto com a floresta vêm os mosquitos. Veremos um surto de dengue em Milão? Quem viver verá. Imagem: @stefanoboeri – divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário